Rádio Engenho Velho

terça-feira, 16 de outubro de 2012

VIII FESTMAR


VIII FESTMAR – FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO DE RUA DO MOVIMENTO DE AGITAÇÃO E RESISTÊNCIA DA CULTURA POPULAR
 VIII FESTMAR que acontecerá no período de 05 a 08 de dezembro de 2012, este ano o VIII FESTMAR contará com espetáculos de 8 Estados Brasileiros: 1 de Macapá – AP, 1 de Campinas – SP, 02 espetáculo Porto Alegre – RS, 02 do Rio de janeiro – RJ, 1 de Cuité da Paraíba – PB, 1 de Limoeiro – PE, 1 de Santa Cruz – RN, 1 de Janduís – RN, 3 de Aracati – CE, 1 de Boa Viagem – CE, 1 de Barbalha – CE, 1 de Crato – CE, 1 de Icó – CE, 1 de Aquiraz, 1 de Maracanaú – CE, 1 de Fortaleza – CE, 1 de Guaiuba – CE, 1 de Aracatiaçu – Sobral – Ce, 1 de Quixeramobim – CE, 

GRUPO DE THEATRO ARTE DA RIBEIRA – ICÓ – CE
ESPETÁCULO: O INSPETOR GERALDO
  O Inspetor Geraldo é uma livre adaptação de Dionísio do Apodi extraído da peça do russo Nicolai Gogol (O inspetor Geral). Conta a história e uma cidade do interior onde a corrupção era forte, na prefeitura, nos correios, na saúde e na educação. O presidente da república do conhecimento dos fatos manda um inspetor para inspecionar todos os serviços públicos daquela cidade em missão secreta, porém um grande amigo do alto escalão da presidência manda imediatamente avisar ao prefeito da chegada do inspetor em sua cidade. 

GRUPO TEATRAL ASLUCIANAS – Rio de Janeiro – RJ
 Espetáculo "Do Oiapoque ao Chuí, o Brasil é bem aqui!"
"Do Oiapoque ao Chuí, o Brasil é bem aqui!" é uma divertida comédia musical que fala sobre a cultura popular e o folclore das 5 regiões do Brasil. Brincando com o imaginário popular, surge uma nova lenda em 2012: O FIM DO MUNDO vai chegar! E somente alguns lugares irão se salvar. Do Brasil, apenas 1 região ficará. Qual delas merece ficar? Embarque nessa viagem pelos 5 cantos do país conhecendo um pouco da cultura de cada região em um espetáculo rico em animação, gingado, imaginação, festa e tradição!



CAMBADA DE TEATRO EM AÇÃO DIRETA LEVANTA FAVELA – PORTO ALEGRE – RS
ESPETÁCULO: FUTEBOL, NOSSA PAIXÃO: PRA FALAR SOBRE POLÍTICA, FUTEBOL E RELIGIÃO!

O texto aborda a vida de personagens populares moradores de uma favela que são apaixonados por futebol e que têm suas vidas mudadas a partir da vinda da Copa do Mundo de Futebol em 2014, tanto pela expectativa de ver o jogo com seus próprios olhos quanto pelas mudanças que vão ocorrendo no país e na cidade. Estes favelados representando o povo brasileiro fazem de tudo para ver a grande final da Copa do Mundo, mas acabam se deparando com as agruras das injustiças sociais devido ao meio em que estão inseridos.

Centro de Criação Galpão das Artes – Limoeiro – PE
Espetáculo: Um Molière Imaginário
A peça conta a história de um velho hipocondríaco, Argan, que se julga doente sem de fato o estar, e que, por isso, acata toda e qualquer ordem domédico que, por sua vez, se aproveita da situação.
Argan quer que sua filha Angélica se case com o filho de um médico para que ele receba tratamento médico como favor de seu genro, ainda que ela estivesse apaixonada por Cleanto.
Junto com a empregada de Argan, seu irmão Beraldo tenta "curar" Argan de sua fixação em médicos. Juntos, eles o convencem a se fingir de morto para descobrir quem é realmente leal e gosta dele. Assim, torna-se patente que a segunda esposa de Argan está atrás apenas de seu dinheiro, enquanto que sua filha realmente o ama. Após a "ressurreição" do supostamente morto Argan, Angélica está livre para se casar com quem quer que escolhesse.

CIA DE TEATRO AOS TRANCOS E BARRANCOS – GUAIUBA - CE
 ESPETÁCULO: O DNA DE UM POVO
Criada no dia vinte e sete (27) de Outubro de 1999 pelo ator e Diretor Auricélio Mendes, a Cia de Teatro aos Trancos e Barrancos vem atuando no âmbito cultural difundindo o teatro como uma arte educativa e sensibilizadora, trabalhando vários gêneros teatrais, desenvolvendo atividades artísticas na cidade de Guaiúba e nas demais cidades do estado do Ceará. A Cia possui trinta (30) integrantes e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Guaiúba através da Secretaria de Cultura e Juventude e faz parte do Projeto Cultura de Ponta no Ponto de cultura.


Companhia Cultural Ciranduís – Janduís – RN
Espetáculo: O Fuxiqueiro
A história gira em torno do casal Zé da Bodega e Pretinha. O Zé é comerciante e tem muito ciúme da mulher Pretinha, que casou-se com ele por interesse financeiro e que gosta de uma outra pessoa, o Fuxiqueiro, que nunca deixou o romance com Pretinha, porém muito ciumento.  Na história Robertão, galanteador, conhece Pretinha numa feira e desperta interesse, o bastante pra gerar mais ciúme ao Fuxiqueiro e com isso construir um fuxico armado pros dois.

Cia de Artes Viravolta – Cuité – Paraíba
Espetáculo:  Ana e o Mar
Ana é uma menina órfã de mãe que mora num lugar distante da civilização com seu pai, que está desaparecido. A seca castiga, mas a esperança da menina de encontrar seu pai e água (para mudar a imagem daquele lugar) a levará para uma longa e divertida jornada, cheia de personagens divertidos que ajudarão (ou não) a solucionar este problema.
  A escolha de um texto infantil deu-se em observação a ausência de um espetáculo deste gênero na programação do Festmar 2011, mesmo este sendo um público sempre presente. Considerando que as crianças são o futuro de qualquer civilização, nada melhor que semear a arte cênica nesses pequenos corações com este belo, educativo e mágico espetáculo. 

COMPANHIA ARTE VIVA – SANTA CRUZ – RN
 ESPETÁCULO: GRÂ CIRCO 


 
CIRCO ALÉM DA LONA – CAMPINAS – SP
ESPETÁCULO: A MALA DOS MAMULENGOS

Maria Bonita após o infortúnio que acorreu no Sertão de Sergipe que não poupou a sua vida, a do seu parceiro e de boa parte do bando, sai em busca de Lampião na casa do capeta. Ao chegar é engolida por uma serpente. Lampião, logo em seguida, descobre que sua companheira está em apuros.
O porteiro do inferno não aceita o acordo proposto por Lampião e não permite que o aventureiro entre. O Capeta Mor, sabendo da resistência do cangaceiro, resolve armar uma empreitada e convoca seus principais aliados para expulsar o invasor. O que parecia uma tarefa fácil se torna cada vez mais complicada na medida em que Lampião demonstra as suas habilidades em se esquivar das artimanhas do Tinhoso. Expulsar Lampião do inferno não será uma tarefa fácil. Quem vencerá a batalha? Maria Bonita será salva?

 
GRUPO DE TEATRO LOUCO EM CENA – INSTITUTO CURRUPIO – BARBALHA - CE
RETALHOS DE MINHA TERRA

Retalhos de Minha Terra é um espetáculo que tem como base os recortes da memória local e regional. São traços da cultura e das lendas de um povo, que traz em suas entranhas o gosto de viver e de fazer a cultura acontecer em uma terra brejeira e de saudosa memória.
O espetáculo traz em sua abertura uma homenagem aos negros e ao Ceará por ser a primeira, a “fênix imortal” que primeiro libertou os escravos. É uma narração cantada e recitada em versos: a Historia do pau de bandeira, dos reisados, dos penitentes, do boi de couro, as brincadeiras da infância, da morte dos Marcelinos e das crenças e lendas barbalhenses. As personagens trazem em seus patuás e em suas maletas os elementos que dão ao espetáculo um rumo de um riquíssimo folclore da terra.

 
GRUPO EURECA DE TEATRO – MACAPÁ - AP
ESPETÁCULO: JOÃO CHEROSO E JOÃO DO CÉU VENDENDO CORDEL
No espetáculo “João Cheroso” (Joca Monteiro) e seu pai, João do Céu (Jones Barsou) seguem o caminho dos retirantes nordestinos rumo a Amazônia em busca de melhores condições de vida. Na chegada ao Amapá os dois descobrem uma curiosidade: a capital amapaense, também, foi visitada pelo conterrâneo Luiz Gonzaga e este compôs músicas em exaltação àquela cidade.
Em homenagem ao centenário de nascimento (1912 - 2012) e a passagem do ilustre conterrâneo pela Amazônia. João do Céu e João Cheroso resolvem declamar em forma de cordel a vida da Estrela do Sertão, Luiz Gonzaga – O Rei do Baião.

GRUPO DE ARTES MARACANÃS – GAMA – MARACANAÚ – CE
O ESPINHO MÁGICO DE MANDACARU 
Zé da Preta, um pequeno agricultor com dificuldades, é tentado pelo Diabo para buscar o que é seu que anda perdido. O missionário Velho Chico, no entanto, lhe entrega um espinho mágico, quebrando a tentação do demônio. Irritado, o Diabo recruta uma adolescente e sua mãe, um candidato a prefeito de uma pequena cidade e até uma cangaceira para tomar o espinho de Zé de Preta.
  
NÚCLEO ARTÍSTICO NA GEMA – RIO DE JANEIRO - RJ
”Dois Filhos de... Clowndete”.

Espetáculo de teatro com nuances e quadros circenses, e personagens que remetem a clássica comédia dell’arte. História de dois irmãos que nasceram no Acre, mas que logo após o parto foram levados para adoção porque sua mãe não tinha como cuidar de um filho, quanto mais de dois. Um foi criado no Ceará e outro no Rio de Janeiro, por ironia do destino eles se encontram em um semáforo fazendo arte de rua, passam a trabalhar em uma mesma construtora e pegam afinidades. A partir das suas brincadeiras e ironias se juntam pra montar um grupo de alguma coisa para se divertirem, e contarem suas estórias de vida, aonde nasce o espetáculo: “Dois Filhos de Clowndete”.
GRUPO PANTIM DE TEATRO – BOA VIAGEM – CE
“MATEUS E CATIRINA EM: QUEM CONTA SEUS MALES ESPANTA”
Mateus e Catirina resolvem virar contadores de histórias e entre confusões e muita diversão passeiam por outras tradições folclóricas através de lendas, cantos e provérbios, mesclando ainda atores e bonecos num empolgante espetáculo de cultura popular.

GRUPO MANJERICÃO DE TEATRO – PORTO ALEGRE – RS
Espetáculo: “João Pé-de-Chinelo”

Durante o espetáculo o papeleiro João Pé-de-Chinelo mostra detalhes de sua vida na luta pela sobrevivência, de quem vem do interior para ganhar a vida nos grandes centros urbanos. João apresenta sua moradia, sua família e até uma ex - amante, enquanto narra fatos históricos, aventuras e sonhos por dias melhores.  Este é o mais novo espetáculo do Grupo Manjericão, onde procura mostrar um pouco dos cidadãos considerados, erroneamente, à margem da sociedade. Condição vivida pelos próprios artistas de rua que nos últimos anos sofrem pesada repressão por parte dos governos.

 
MARACATU NAÇÃO TREMEMBÉ DE ARACATIAÇU – SOBRAL  - CE
APRESENTAÇÃO DO MARACATU NAÇÃO TREMEMBÉ

A apresentação consiste no desfile do maracatu em cortejo, organizado por alas: porta estandarte; índias; calungueira, negras; Africanos; balaieiro, baianas; pretos velhos; batuque, tiradores de loas; corte.
   As loas cantadas no cortejo falam da história dos afros brasileiros e da cultura local e tem sobrevivência mítico-religiosa, de origem afro-brasileira, descende das congadas africanas;
É um grupo de maracatu tipo nação. Seus membros são jovens e adolescentes alunos, professores, que se congregam num grupo de estudo, dança, encenação de personagens e brincadeiras para preservar as manifestações afro, interagindo com a cultura indígena, com a cultura local e nacional. Assim como nos demais maracatus cearenses, “com exceção dos índios, todos desfilam com o rosto pintado de preto”, representando assim os negros.

LAMBERAGE DE ARTE E CULTURA – QUIXERAMOBIM – CE
NOS ACUDA SÃO TOIN
O espetáculo “Nos Acuda São Toin" conta a história da jovem Branquícia, que apela para Santo Antônio ajudá-la a casar com Zulu (Vendedor de Piaba), seu grande amor. Cheio de malemolência, Zulu utiliza de todas as formas para convencer o pai de Branquícia, o Coronel Pretencios, a dar a benção para o casório. A história é seguida por uma lenda, a de São João Batista, afinal se o Santo acordar no dia do seu aniversario a terra pode pegar fogo. Uma história super engraçada que conta as tradições feitas nos meses de junho e julho de uma forma que não desrespeita a religião católica.

TRUPE REBIMBOCA CIA DE ARTE CÊNICA E CIRCENSE – AQUIRAZ – CE
ESPETÁCULO: RODA DE PALHAÇOS


Entretenimento diferenciado com performances especiais para o público adulto e infantil. os palhaços da trupe Rebimboca divertem e encantam crianças e adultos com suas brincadeiras e trapalhadas, alegrando todos com suas gags de palhaços, malabares, pernas-de-pau e instrumentos musicais. O espetáculo roda de palhaços é composto por cenas curtas, gags extraídas de circos mambembes, apresentadas na rua em um roteiro desenvolvido pelos próprios Rebimbocas. Com o auxílio dos mestres de cena, a partir das rotinas dos números circenses e entradas de palhaços, a trupe Rebimboca executa o espetáculo com uma precisa apresentação mambembe de teatro de rua.  

CIA SOL & LUA – ARACATI – CE
ESPETÁCULO: NAS GARRAS DA VERDADE

Nas Garras da Verdade é um programa de televisão que leve os assuntos da sociedade ao estúdio do seu programa fazendo com que a plateia resolva o caso.

  
  GRUPO TEATRAL FRENTE – ARACATI – CE

GRUPO GÊNESIS DE TEATRO – ARACATI – CE  
                                        ESPETÁCULO: A VOLTA DE SERVERINO

REALIZAÇÃO: INSTITUTO ARACUPIRA DE CULTURA BRASILEIRA – IACB


 PATROCÍNIO: SECRETARIA ESTADUAL DA CULTURA DO ESTADO DO CEARÁ - SECULT
 APOIO CULTURAL:

Nenhum comentário: