Rádio Engenho Velho

domingo, 29 de julho de 2018

RAINÉRIO RAMALHO VOLTA AOS PALCOS EM BARBALHA

Cantor e Compositor Rainério Ramalho

O publico e os artistas do XIII Festival de Música de Barbalha – FEMUB tiveram a oportunidade de verem ontem, 28/07/2018, o retorno do artista barbalhense Rainério Ramalho aos palcos.

O artista realizou a apresentação ao lado dos seus irmãos Helley e Hoosevelt Ramalho integrantes do grupo Os Pelejas.

A apresentação aconteceu no intervalo do Festival de Música de Barbalha –FEMUB, onde o artista mostrou várias composições, novas e antigas, de sua autoria.

O público aplaudiu bastante o artista barbalhense que, tem trabalhos gravados em parceria com vários artistas nordestinos, como: Santana, Geraldo Azevedo, Lifanco, Luis Fidelis, Vania Costa, Ana Paula Nogueira entre outros.

Rainério gravou ultimamente um CD intitulado Rei Vesgo, com uma única música, inspirado no Livro Cangaço, Coiteiros e Adjacências do escritor e historiador Dr. Napoleão Tavares Neves, a passagem do cangaço pelo Cariri cearense. O trabalho conta com a participação especial de outro artista barbalhense, Francisco Demontiêr (Panticola) e, apoio cultural da ONG Engenho Velho.

É um novo recomeço na trajetória musical deste que é, sem sombra de dúvidas, um dos maiores artista cearense.

Salve a cultura barbalhense!







quarta-feira, 4 de julho de 2018

QUADRILHA SANTO ANTONIO 2018




Com o objetivo de manter vivas as manifestações populares dos movimentos juninos do Estado do Ceará, a Quadrilha Santo Antonio, a mais antiga da cidade de Barbalha, vem realizando apresentações em cidades da região do Cariri, levando sempre encanto e alegria.

A Quadrilha, que este ano conta com o apoio da Sociedade Artística e Cultural Engenho Velho e da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, teve o seu projeto aprovado no XX Edital Ceará Junino – 2018, através do produtor cultural Francisco Demontiêr dos Santos Vieira – Panticola.

Já realizou apresentações nas cidades de Missão Velha, Várzea Alegre e Tarrafas, contribuindo com a socialização dos nossos jovens, formando cidadãos e inserindo-os nos campos da dança, do teatro e da música, buscando a formação de valores contrários à violência, na perspectiva de afastá-los da situação de risco.

O grupo pretende ainda realizar várias apresentações no mês de julho, tendo como certo exibições na Escola de Ensino Médio Virgilio Távora e na Rua da Sede da Quadrilha, em uma festa para os brincantes.