Rádio Engenho Velho

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Iphan lança o edital PNPI 2011 – Mapeamento e Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial


Projetos de salvaguarda referentes aos saberes, celebrações, formas de expressão e/ou lugares e iniciativas de mapeamento documental das Referências Culturais de Imigração que se refiram a um ou mais grupos de imigrantes poderão ser inscritas no edital PNPI 2011 – Mapeamento e Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) receberá as inscrições de 3 de outubro a 3 de novembro de 2011 e o concurso selecionará projetos de instituições públicas e privadas sem fins lucrativos.
Os recursos totais do Edital são de R$ 500 mil, e serão contemplados projetos que além de possuírem qualidade técnicas e se enquadrarem nas determinações do edital, ainda pleiteiem valores de no mínimo R$ 100 mil e no máximo R$ 105 mil. Os recursos financeiros podem ser ampliados caso ocorra disponibilidade financeira, assim outros projetos avaliados e aprovados poderão ser contemplados.
Os projetos inscritos deverão ter como objetivo promover a salvaguarda do patrimônio cultural brasileiro, em sua dimensão imaterial, por meio do fomento a ações de salvaguarda de bens culturais de natureza imaterial e de pesquisa documental sobre referências culturais de grupos de imigrantes.
As inscrições só poderão ser realizadas por meio do sistema Salic Web na página http://sistemas.cultura.gov.br. A divulgação dos pré-selecionados está prevista para o dia 8 de novembro e será disponibilizada no sitio do Iphan (www.iphan.gov.br).
Programa Nacional do Patrimônio Imaterial
Instituído pelo Decreto n° 3.551, de 4 de agosto de 2000, o Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI) viabiliza projetos de identificação, reconhecimento, salvaguarda e promoção da dimensão imaterial do patrimônio cultural. É um programa de fomento que busca estabelecer parcerias com instituições dos governos federal, estadual e municipal, universidades, organizações não-governamentais, agências de desenvolvimento e organizações privadas ligadas à cultura, à pesquisa e ao financiamento.
Confira aqui o edital e os anexos.

(Texto: Marcos Agostinho, Ascom/MinC)
(Fonte: Iphan/MinC)

Nenhum comentário: