Rádio Engenho Velho

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

CEARENSE DE APENAS OITO ANOS É ESCOLHIDO MELHOR SANFONEIRO


ELIZÂNGELA SANTOS
Cícero, que tem mais dois irmãos, sempre foi incentivado por seu pai, o policial Paulo Feitosa (Foto: Elizângela Santos)
Juazeiro do Norte Um pequeno prodígio da sanfona surge no cenário cearense. Com apenas dois anos de intimidade com um instrumento que mais parece um brinquedo em suas mãos, o juazeirense Cícero Paulo Ferreira Feitosa, de apenas 8 anos, foi classificado em primeiro lugar no Festival de Músicas Gonzagueanas (V Fesmuza), realizado no Município de São João do Rio do Peixe, na Paraíba.

O garoto tocou a sua música preferida, "Asa Branca", em um tom personalístico, numa mistura de tango, blues e forró, com um toque final do hino nacional, para dar ênfase à música que traduz a alma sertaneja.

Além desse festival, recentemente, Cícero fez parte do elenco do filme "Gonzaga de Pai Para Filho", uma homenagem ao centenário do "Rei do Baião", produzido pela Conspiração Filmes e com direção de Breno Silveira, com filmagens na cidade de Curaçá, na Bahia.

É a mesma produtora do filme "Os Dois Filhos de Francisco", que conta a vida da dupla sertaneja Zezé di Camargo & Luciano. No longa metragem, a criança faz o personagem do cantor e compositor Dominguinhos, quando criança, num encontro com o cantor Luiz Gonzaga, que o ajuda a comprar uma sanfona. O filme será lançado apenas no fim do ano.

Sonho
Os pais de Cícero, o policial militar de Pernambuco Paulo Feitosa, e a professora Cícera Feitosa, acompanham de perto a evolução musical e também na sala de aula do Centro Educacional do Cariri. A criança é o primogênito de três filhos meninos.

Um deles, o mais novo, tem hidrocefalia e já passou por 15 cirurgias. O sonho de Cícero, além de ser um sanfoneiro famoso, é se formar em Medicina para cuidar do seu irmãozinho. O outro, Pedro Gabriel, faz os seus primeiros ensaios com a sanfona. Talvez, possa seguir os passos do irmão.

Segundo Paulo Feitosa, são muitas as surpresas desde que o seu filho pediu para comprar uma Eagle de 48 baixos. Os avanços foram surpreendentes, ao ponto dele ter três professores, músicos tarimbados, a exemplo de Eduardo Sales e Paulo Feitosa, para atender à evolução do pequeno. "Ainda pensei duas vezes antes de comprar o acordeom, de R$ 1.800,00, mas dividi em várias prestações", diz o pai, que também é um admirador da música nordestina.

O V Fesmuza, na Paraíba, reuniu músicos experientes. O público foi formado por admiradores de Luiz Gonzaga. Além de um troféu, Cícero ganhou R$ 5 mil, como melhor sanfoneiro. E não foi apenas neste festival que a criança chamou atenção. Em Salgueiro, Pernambuco, esteve entre os primeiros colocados.

A sua admiração pela música veio a partir do pai. Aos seis anos, ganhou sua primeira sanfona. O estudante aplicado demonstra uma grande facilidade em aprender música.

O que o pai de Cícero sabia passar, em termos de música, foi superado pela habilidade do pequeno instrumentista, que nasce para o mundo musical, com aprendizado amplo que vai desde o cancioneiro popular ao clássico universal, com grandes nomes como Mozart.

Agora, o garoto se prepara para mais um momento em que, certamente, emocionará o público, dessa vez no Piauí. Ele foi selecionado para participar do Festival de Sanfona de São Raimundo Nonato, no período de 25 a 27 de agosto. Cícero ainda foi agraciado, em julho deste ano, com o troféu Centenário de Gonzagão, do programa de uma emissora de rádio, em Fortaleza.

O pequeno músico se sente muito à vontade nas apresentações. A emoção veio mesmo com o primeiro lugar obtido em São José de Piranhas. "Fiquei tremendo na hora que falaram o resultado". Cícero teve de desenvolver, aos seis anos, habilidade para segurar o primeiro acordeom que ganhou de presente de aniversário. Na opinião de Paulo Feitosa, o importante é deixar que o filho siga o ritmo natural de um músico que promete fortalecer o legado que Luiz Gonzaga eternizou.

Cícero Paulo venceu o festival após tocar a música preferida, "Asa Branca", de Luiz Gonzaga, numa mistura de tango, blues e forró

O garoto, que segurou o primeiro acordeom com seis anos, levou para casa um prêmio no valor de R$ 5 mil, para orgulho da família


Mais informações:
Cícero Paulo/Paulo Feitosa Rua São Luiz, 402, 
Centro Juazeiro do Norte

Telefone: (88) 9698. 8535

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário: