Rádio Engenho Velho

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Em reunião com produtores, Secult apresenta Programa de Apoio a Mostras e Festivais


A Secretaria da Cultura do Governo do Estado do Ceará apresentou nesta quarta-feira, 20, a proposta do Programa de Apoio a Mostras e Festivais de Cultura, com recursos na ordem de R$ 4,5 milhões, em reunião realizada no auditório da Secretaria com realizadores e produtores culturais de todo o estado. O secretário da Cultura, Paulo Mamede, destacou que o Programa tem como objetivo financiar e fomentar festivais representativos do Ceará, promovendo, paralelamente, a descentralização de recursos, tanto no âmbito da capital como no Interior. De acordo com o secretário, o encontro fez parte de um conjunto de ações da Pasta para melhorias no processo de seleção e apoio a projetos, com base na Lei do Sistema Estadual de Cultura (SIEC). “Nosso compromisso é garantir recursos para a realização de festivais já consolidados no calendário cultural e também para incentivar novos projetos”, justificou.

A fonte de recursos do Programa – Tesouro do Estado ou Fundo Estadual da Cultura –, os critérios de seleção, a divisão dos valores e a longevidade dos eventos foram os pontos mais debatidos durante a apresentação pelo secretário executivo da Secult, Paulo Victor Feitosa. Ele informou que a Secretaria já está contatando empresas como Petrobras e Vivo para firmar parcerias que possibilitem a captação de recursos para Programa, destinado, inicialmente, à realização de cerca de 30 festivais e mostras, que ocorrem anualmente em todo o estado. “Estamos apenas apresentando uma ideia, que precisa ainda de análise e aprovação deste grupo”, explicou Paulo Victor, ao informar que a meta é até o final do mês de novembro ter esta versão final, “que será levada ao governador para aprovação de recursos”, destacou.

Produtores como Giza Diógenes, do Festival dos Inhamuns, participaram da reunião e fizeram sugestões. Ela chamou a atenção para os critérios de divisão de recursos, destacando que muitos proponentes não têm capacidade de captação junto a outros apoiadores e que o Estado representa “a única fonte de recursos”. Assim, ela propõe que a análise dos projetos, pela Secult, identifique essa fragilidade e apresente alternativas para o proponente.
Na proposta inicial, sugere-se divisão do Programa em quatro linhas de apoio a mostras e festivais: a Linha 1 seria destinada a apoiar festivais que já realizaram pelo menos cinco edições anuais, de forma ininterrupta. Cinco projetos seriam apoiados, cada um com R$ 300 mil. A Linha 2 contemplaria festivais com pelo menos três edições anuais realizadas, selecionando 10 projetos a serem apoiados com R$ 200 mil cada. Na Linha 3, festivais que já realizaram entre uma e três edições concorreriam a cinco vagas, com cada evento selecionado recebendo apoio na forma de R$ 100 mil em investimento. A Linha 4 seria destinada a novos festivais e contemplaria 10 projetos, no valor de R$ 50 mil cada.

Ainda sobre a Lei do Sistema Estadual de Cultura (SIEC), a coordenadora de Ação Cultural da Secult, Glicia Gadelha, lembrou que o prazo para Consulta Pública para reformulação da lei foi encerrado na sexta-feira, 15, mas que até o dia 27 deste mês poderão ser enviadas colaborações para o e-mail codac@secult.ce.gov.br.

Próximas reuniões
Quinta-feira (21/11) - reunião com produtores audiovisuais, para buscar sugestões e discutir propostas para o próximo Prêmio Ceará de Cinema e Vídeo, edital destinado a fomentar a realização de projetos na área.
Sexta-feira (22/11) - reunião com todos os produtores, artistas e gestores interessados nos editais da Secretaria para as diversas linguagens, como o Edital de Incentivo às Artes. O calendário dos editais e o formato da apresentação dos projetos serão alguns dos temas debatidos.
As reuniões acontecerão no Auditório da Secult (Rua Major Facundo, 500, Centro, Fortaleza). Informações: 3101-6767 / Transmissão online pelo site da Secretaria: www.secult.ce.gov.br.


Assessoria de Comunicação - Secretaria da Cultura do Ceará
(85) 8699-6524 – Dalwton Moura
(85) 8878-8805 – Raimundo Madeira
(85) 9608-5822 – Sonara Capaverde

Fonte: Secult-Ce.

Nenhum comentário: